Campos de sentido e campos de objeto

fusão entre realidade escolar e doméstica segundo a perspectiva de Zubiri e Gabriel

Autores

DOI:

https://doi.org/10.55602/rlic.v9i2.263

Palavras-chave:

Campo de realidade, Convivência, Escola, Família, Professores, Educação

Resumo

Os campos de realidade vinculam-se à especificidade de objetos no lar e na instituição educativa de cada aluno. Alunos e famílias atribuem sentidos aos objetos e formalizam ‘realidade’ nos campos que ocupam em seus espaços físicos. As famílias imersas em seu campo de realidade estendem suas compreensões dinâmicas ao campo de realidade escolar. As atribuições de sentidos dialogam ou colidem com o campo de realidade da escola. Este artigo oferece uma reflexão sobre os campos de realidade dos professores, estudantes, famílias e suas conexões.

Biografia do Autor

Giovani Meinhardt, Instituto Superior de Educação Ivoti

Doutorado e Mestrado em Filosofia e Graduação em Psicologia, todos pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Referências

BATTRO, Antonio M. Dicionário terminológico de Jean Piaget. São Paulo: Pioneira, 1978.

COROMINAS, Jordi. Ética primera: apor-tación de X. Zubiri al debate ético con-temporáneo. Bilbao: Desclée de Brouwer, 2000.

COROMINAS, Jordi; VICENS, Joan Al-bert. Xavier Zubiri: la soledad sonora. Madrid: Taurus, 2006.

DOMÍNGUEZ PRIETO, Xosé Manuel. A noologia de Xavier Zubiri: uma revolução na teoria do conhecimento. In: TEJADA, José Fernández; CHERUBIN, Felipe (org.). O que é inteligência? Filosofia da realidade em Xavier Zubiri. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2016. p. 225-238.

FERNÁNDEZ, José Manuel Fernández; PUENTES, Aníbal Ferreras. La noción de campo en Kurt Lewin y Pierre Bourdieu: un análisis comparativo. Revista Espa-ñola de Investigaciones Sociológicas (REIS). n. 127, 2009, p. 33-53.

GABRIEL, Markus. O ser mitológico da reflexão: um ensaio sobre Hegel, Schelling e a contingência da necessidade. In: GABRIEL, Markus; ZIZEK, Slavoj. Mitologia, loucura e riso: a subjetividade no idealismo alemão. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012. p. 29-165.

GABRIEL, Markus. Por que o mundo não existe. Petrópolis, RJ: Vozes, 2016.

GONZALEZ-MENA, Janet; EYER, Dianne Widmeyer. O cuidado com bebês e crianças pequenas na creche: um currículo de educação e cuidados baseado em relações qualificadas. 9. ed. Porto Alegre: AMGH, 2014.

GRACIA, Diego. Forwerd. In: ZUBIRI, Xavier (org.). Dynamic structure of reali-ty. llinois: University of Illinois Press, 2003. p. 1- 3.

GRACIA, Diego. El acto de aprehensión. In: GRACIA, Diego (org.). El poder de lo real: leyendo a Zubiri. Madrid: Triacastela; Fundación Xavier Zubiri, 2017. p. 289-304.

GRACIA, Diego. Razón impura. In: CO-LÓQUIO FILOSÓFICO-TEOLÓGICO: XAVIER ZUBIRI – INTERFACES, 1., 2021. [S. l.: s. n.], transmitido ao vivo em 06 outubro 2021. 1 vídeo (1h28min01s). Publicado pelo canal TV PUC. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v= x0i4hL3dTFw&t=1367s. Acesso em: 21 out 2021.

MEINHARDT, Giovani. Inteligência senciente, escola e saúde docente. Revista Acadêmica Licencia & Acturas, Ivoti, v. 9. n.1, p. 104-115, 2021. Disponível em: http://www.ieduc.org.br/ojs/index.php/licenciaeacturas/article/view/253/212. Acesso em: 27 out. 2021.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da percepção. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

PIAGET, Jean; INHELDER, Bärbel. A representação do espaço na criança. Porto Alegre: Artes Médicas, 1993.

PINTOR-RAMOS, Antonio. Génesis y formación de la filosofía de Zubiri. Sa-lamanca: Universidad Pontificia Sala-manca, 1983.

PINTOR-RAMOS, Antonio. Realidad y verdad: las bases de la filosofía de Zubiri. Salamanca: Publicaciones Universidad Pontificia de Salamanca, 1994.

QUINE, Willard Van Orman. Ontological relativity and other essays. New York: Columbia University Press, 1969.

SCHULTZ, Duane P.; SCHULTZ; Sydney Ellen. História da psicologia moderna. 6. ed. rev. ampl. São Paulo: Cutrix, 1994.

TEJADA, José Fernández. Prefácio à presente edição. In: INTELIGÊNCIA e Logos. São Paulo: É Realizações, 2011. p. IX-XIX.

TEJADA, José Fernández; CHERUBIN, Felipe. O que é inteligência? Filosofia da realidade em Xavier Zubiri. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2016.

VETÖ, Miklos. A expansão da metafísica. São Leopoldo, RS: Ed. UNISINOS, 2019.

WADSWORTH, Barry J. Inteligência e afetividade da criança na teoria de Piaget. 5. ed. rev. São Paulo: Pioeira, 1996.

ZUBIRI, Xavier. Sobre la esencia. 2. ed. Madrid: Sociedad de estudios y publica-ciones, 1963.

ZUBIRI, Xavier. Sobre el hombre. Madrid: Alianza Editorial; Fundación Xavier Zubiri, 1986.

ZUBIRI, Xavier. Tres dimensiones del ser humano: individual, social, histórica. Madrid: Alianza Editorial; Fundación Xa-vier Zubiri, 2006.

ZUBIRI, Xavier. Espacio, tiempo, mate-ria. Nueva edición. Madrid: Alianza Edito-rial; Fundación Xavier Zubiri, 2008.

ZUBIRI, Xavier. Acerca del mundo. Ma-drid: Alianza Editorial; Fundación Xavier Zubiri, 2010a.

ZUBIRI, Xavier. Natureza, história, Deus. São Paulo: É Realizações, 2010b.

ZUBIRI, Xavier. Inteligência e Logos. São Paulo: É Realizações, 2011a.

ZUBIRI, Xavier. Inteligência e Razão. São Paulo: É Realizações, 2011b.

ZUBIRI, Xavier. Inteligência e Realidade. São Paulo: É Realizações, 2011c.

ZUBIRI, Xavier. El hombre y Dios. Nue-va Edición. Madrid: Alianza Editorial; Fundación Xavier Zubiri, 2012.

ZUBIRI, Xavier. Sobre el sentimiento y la volición. Madrid: Alianza Editorial; Fundación Xavier Zubiri, 2015.

Downloads

Publicado

07/04/2022

Como Citar

Meinhardt, G. (2021). Campos de sentido e campos de objeto: fusão entre realidade escolar e doméstica segundo a perspectiva de Zubiri e Gabriel. Revista Acadêmica Licencia&Acturas, 9(2), 48–68. https://doi.org/10.55602/rlic.v9i2.263

Edição

Seção

Artigos